Como tratar rinite alérgica

Não tem como uma pessoa ter qualidade de vida se tem dificuldades para respirar ou está sempre espirrando ou com o nariz entupido.
Quando a gente espirra significa que nosso corpo esta se defendendo de uma substancia "toxica " empurrando essas partículas para fora das vias respiratórias só que quando uma pessoa tem uma reação de defesa exagerada ( uma reação alérgica) a alguns elementos o nariz entope, coça, a pessoa espirra e os olhos e garganta coçam.
A renite alérgica é uma inflamação das membranas respiratórias que acontece devido a essa defesa exagerada que ocorre por que a pessoa é sensível a alguns materiais. A pessoa apresenta estes sintomas logo após o contato com o produto ao qual é alérgico e pode voltar a ter esses sintomas de 4 a 6 horas depois.
Além do incomodo da própria rinite alérgica, ela pode ocasionar ou agravar outras doenças como otites ( inflamação dos ouvidos), sinusites ( inflamação dos seios da face). é comum que pessoas com rinite alérgica ronquem e isso atrapalha o descanso da pessoa, também alguns pacientes de rinite alérgica , pela dificuldade de respirar pelo nariz, se acostumam a respirar pela boca e desenvolvem um pequeno deslocamento do maxilar que pode atrapalhar a mastigação e prejudicar a dentição de quem tem rinite alérgica.

O que causa rinite alérgica
Muita gente se engana achando que as pessoas nascem com alergias a algumas substancias e que elas não mudam, mas isso não é verdade.
As vezes a pessoa pode conviver bem com um produto a vida toda e desenvolver alergia em algum período.
























Exitem fatores que aumentam o risco de alguém desenvolver rinite alérgica como familiares com rinite alérgica, contato com fumaça de cigarro no primeiro ano de vida, exposição a poeira, ácaros ou casas úmidas na infância. Além disso, o primeiro filho de um casal tem mais chances de ter rinite alérgica e o problema atinge mais pessoas do sexo masculino que mulheres.
Quando os pais de uma criança tem renite alérgica exite 50% de chance que essa criança também desenvolva renite alérgica, já que ela terá mais facilidade em se tornar sensível a algumas substancias, mas mesmo que não existam casos de renite alérgica na família a criança tem de 10 a 25 % de chances de desenvolver o problema.
Muitas substancias podem causar ataques de rinite alérgica, como poeira, pelos de animais domésticos, bolor nas paredes, pólen , perfumes, produtos de limpeza de cheiro forte, fumaça de cigarros, poluição e até mesmo alguns alimentos.
Um dos principais fatores que podem causar um ataque de rinite alérgica é a chamada poeira domiciliar que é formada por restos de pele morta, fungos e ácaros.
Ácaros são organismos microscópios que vivem em cortinas, estofados,ursos de pelúcia colchões e travesseiros e se alimentam de restos de pele.

Como tratar rinite alérgica
O tratamento de rinite alérgica passa primeiramente por limpeza e adaptação correta da casa ou ambientes em que a pessoa fica, alguns medicamentos e vacinas antialérgicas mas é importante deixar claro que não existe cura para rinite alérgica, apenas é possivel controlar o problema e amenizar os ataques.
Se a pessoa que sofre de rinite sabe que suas reações alérgicas acontecem devido a este perfume ou aquele alimento, a melhor coisa a fazer é se afastar desses produtos, mas isso não é tão fácil quando o assunto é a poluição , fungos ou ácaros.
A casa de uma pessoa que tem rinite alérgica precisa estar sempre ventilada e seus ambientes, principalmente o quarto precisam estar sempre livres de mofo e bolor, caso não bata sol o suficiente no ambiente, é bom, pensar em pintar as paredes com cal ou tintas especiais anti-mofo.
A casa e o quarto das pessoas com rinite alérgica precisa ser limpa varias vezes por semana e não basta só varrer o chão, é preciso passar pano úmido no chão e nos móveis ( mesmo que apenas com água) para eliminar a poeira.
O colchão e os travesseiros utilizados por pessoas que sofrem de rinite alérgica devem ter capas protetoras pois apenas os lenções e travesseiros não são suficientes para impedir a proliferação de ácaros.
Elimine também carpetes e tapetes , evitar ursos de pelúcia e almofadas, a não seu que tenham capas protetoras. Cortinas também deveriam ser retiradas, mas caso queira mante-las será preciso lavar ao menso 1 vez por semana.
Ao limpar a casa procure não usar produtos fortes ou perfumes de ambientes que podem irritar o nariz de quem tem rinite alérgica, evite também fumar dentro de casa e usar inseticidas spray na casa.
Animais domésticos de pelos não devem ficar no quarto de quem tem rinite alérgica, muito menos subir em cima da cama, almofada ou sofá que a pessoa utiliza.
Os cobertores de quem tem rinite alérgica precisam ser lavados ao menos 1 vez por semana e nos períodos quentes, guarde-os dentro de sacos plásticos para evitar que peguem poeira ou ácaros.
Blusas de lã também precisam ser lavadas antes do uso.
Além disso, é importante que quem sofre de rinite alérgica procure um médico para receitar algum medicamento que alivie os sintomas. Existem também vacinas antialérgicas que podem ser adotadas, essas vacinas precisam ser apicadas em um longo tratamento que diminuem a sensibilidade de quem tem rinite alérgica e pode chegar a controlar tanto a alergia que a pessoa não precisa mais usar remédios.
Existem testes e exames de sangue que podem ser feitos para identificar a quais produtos a pessoa é alérgico, eles podem ajudar a afastar as substancias que causam alergia e melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Maneiras de amenizar os sintomas de rinite alérgica

Quem tem rinite alérgica precisa criar alguns hábitos que podem ajudar a aliviar os sintomas como :
Lavar o nariz com soro fisiológico ou água morna com sal, com um tubo daqueles de colocar catchup ou a própria embalagem do soro fisiológico. Coloque o bico do tubo dentro de uma das narinas, incline a cabeça para o lado oposto ao da narina e a testa para frente e deixe a água com sal ou o soro escorrer pela outra narina em quantidade abundante, não aperte o tubo com muita força para não machucar o nariz.
Isso pode ser feito varias vezes por dia, o sal ajuda a desinflamar as membranas do nariz em quanto a água limpa e retira partículas que possam estar incomodando.
Existem alguns sprays vendidos em farmácias que servem para lavar o nariz caso você preferir.
Em tempos secos as crises alérgicas são piores e mais frequentes, se o ar estiver muito seco, coloque uma bacia com água ou um umidificador de ar, principalmente na hora de dormir.
Fazer inalações com própolis em spray também ajuda a combater os sintomas de rinite já que o própolis é um anti-inflamatório natural, esta é uma ótima opção para pessoas que usam constantemente remédios vasoconstritores como narix e outros que não devem ser usados constantemente.
Antes de dormir, fazer inalação com chá de eucalipto e sal todas as noites para abrir as vias respiratórias.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...